A infinita riqueza divina


Use as leis do pensamento e extraia do infinito de coisas existentes em seu íntimo tudo aquilo de que necessita para levar uma vida gloriosa e de sucesso.

Você nasceu para ser rico e aqui se encontra para levar uma vida plena e feliz. Deus deseja que você seja feliz.

Há uma lei definida de causa e efeito para tudo. Acredite na riqueza de Deus e também a desfrutará, sendo aquinhoado na medida da sua crença.

Deus é sempre bem sucedido em todos os seus empreendimentos. Você é um daqueles que acredita em Deus e, portanto, não pode fracassar. Você nasceu para vencer.

Todas as riquezas pertencem à mente. É a sua atitude mentalque determina a riqueza ou a pobreza. Pense em riqueza e ela lhe ocorrerá; pense em pobreza, e pobreza você terá.

Há abundância de oportunidades para você. Acompanhe a corrente da vida e deixe de “nadar contra a maré”. Existe um número infinito de idéias a extrair do seu subconsciente; uma nova idéia sua pode valer R$ 50.000.

Um modo magnífico de fazer contato com a infinidade de coisas existentes em seu íntimo é adquirir o hábito de afirmar: “Deus provê todas as minhas necessidades”. Coisas maravilhosas lhe ocorrerão se orar deste modo.

A pobreza é uma doença mental. Afirme ousadamente: “As riquezas de Deus fazem parte da minha vida; há sempre um provimento divino”.

Seu subconsciente, onde se encontram armazenadas todas as riquezas, respondem a seus pensamentos sinceros de forma ignorada por você.

O pensamento é o único poder imaterial e invisível de que se tem consciência. Seus pensamentos podem, positiva e definitivamente, produzir o capital de que você necessita.

A lei da atração atrai para você tudo aquilo de que necessita,de acordo com a natureza dos seus pensamentos. Sua condição social e financeira reflete perfeitamente o seu modo habitual de pensar. O pensamento governa o mundo.

Enviada por Clawdio Santos

PROSPERIDADE: SEU DIREITO DIVINO

Nestes momentos de mudanças e escolhas, vamos ESCOLHER A PROSPERIDADE, A FELICIDADE, A SAÚDE E O AMOR.

Lembre-se que “EU SOU” é um dos Nomes Sagrados de Deus e quando afirmamos em sintonia com o nosso Deus interno, tudo se torna possível.

* ORAR 7 DIAS NO MESMO PERÍODO : MANHÃ, TARDE OU NOITE

EU SOU um (a) filho (a) querido (a) de Deus.

Deus, EU SOU, Poder e Vida, me abençoa com todas as coisas boas que eu quero realizar.

O grande desejo de Deus, é que EU, parte da Sua Presença EU SOU, seja completamente FELIZ e REALIZADO, PRÓSPERO e SAUDÁVEL.

Existe um oceano infinito de coisas boas disponíveis e minha mente e meu coração determinam quanto desse suprimento de coisas boas eu sou capaz de receber.

EU SOU bom e tenho um valor infinito, EU SOU a exata imagem de DEUS em ação.

Eu mereço todo o bem que quero manifestar em minha vida. Isto inclui todas as áreas de minha vida: minha saúde, minha aparência, o Amor que eu recebo, minhas habilidades, a realização de cada sonho de meu coração.

EU SOU UM GRANDE SER! Eu tenho PODER! Eu sei o que quero manifestar, e eu ouso pensar GRANDE, sonhar, criar, dar e receber de forma GRANDIOSA!

Não existe nenhum bloqueio para que eu possa receber todo o bem que existe: o Universo diz apenas SIM PARA TUDO EM QUE EU ACREDITO.

Eu agora invoco que quaisquer crenças erradas sobre receber o que há de melhor que eu mereço na minha vida, sejam dissolvidas em Amor e Luz da minha Divina Presença EU SOU.

EU AGORA RETIRO qualquer voto de pobreza que eu tenha feito nesta ou em outras vidas, quando julgava, de forma errada que o plano material e espiritual não são os mesmos.

O dinheiro e o Plano material também são energias de Deus, da mesma forma que as energias das intenções de amor e luz em cada coração.

Eu utilizo o maravilhoso poder que eu tenho e o todo o dinheiro que eu recebo de forma sábia e amorosa.

Eu me perdôo pôr qualquer uso não sábio no passado e aceito a sabedoria que eu ganhei dessas experiências.

Eu me purifico mais e mais profundamente com o auxilio de Deus. Conforme eu aceito e espero apenas o melhor para mim, agindo de forma apropriada, tudo na vida conspira para trazer-me o que eu desejo. Eu reconheço que uma vida plena em abundância convive em harmonia com a vida espiritual, uma vez que sou Uno com Deus.

Eu também tenho e terei muito mais para dar, tanto para os que precisam, quanto para os que auxiliam a melhorar a vida no Planeta.

Eu estou seguro e sou amado por receber tudo o que eu desejo.

Meus pais, familiares e amigos me amam conforme eu manifesto meu poder e crio minha vida da forma que escolho. A minha abundância está na minha CONSCIÊNCIA, basta eu me abrir para recebê-la livremente.

Minha abundância não pode ser retirada. Não existe perda com Deus e qualquer aparência de perda é substituída por algo ainda melhor.

Todo o meu bem está aqui continua e abundantemente aumentado cada vez mais, sempre.

Existe muita coisa boa preparada para mim porque Deus é Abundância e tudo é Deus.

Todo o bem é criado diretamente conforme minha aceitação. Eu reconheço a aparência de fontes limitadas no plano físico neste momento, e conforme eu amo e me preocupo com o meu querido Planeta, eu sou sábio no uso de meus recursos.

Mas eu sei que isto é temporário, que conforme eu cresço e me aproximo da minha UNIDADE com Deus, a manifestação virá diretamente do éter, retornando como um método natural de criar o que eu quero na minha vida AGORA.

Eu reconheço que como não há tempo para Deus e Deus está presente em todos os lugares, a Abundância de Deus também se manifesta AGORA.

Eu ignoro todas as falsas aparências de escassez e vejo apenas a Verdade da Abundância total de Deus direcionada para mim agora!

Eu Agradeço tudo o que eu recebo na minha vida! Eu dou boas vindas para a Verdade e para a Abundância!

Eu aceito, sinto, vejo e me alegro por ser abundante! Meu coração se abre em gratidão a Deus por tantas coisas maravilhosas.

Eu permito que Deus me traga Abundância por meios esperados e inesperados. Eu convido as surpresas felizes a fazerem parte da minha vida.

Eu aceito Milagres e Mistérios. Eu não mais sou limitado por eventos e circunstâncias.

Eu agora envio uma benção especial para todos aqueles que ainda não tem o que comer, os que não tem uma casa para morar e os que não atingiram a realização em suas vidas: eu os abençôo para que abram suas mentes e corações para a compreensão do desejo de Deus, para que vejam todas as criações no reflexo perfeito da Sua própria abundância, e a habilidade perfeita de Deus para trazer abundância a cada forma de vida.

Eu vejo um mundo onde todos têm toda a Abundância que o coração, a mente e o corpo desejam, e todos somos FELIZES.

ASSIM SEJA, AMEM! AMEM ! AMEM !
AUM ! AUM ! AUM ! OM! OM! OM!

Fraternidade Pax Universal

PERDA DE PESO E O EGO/CRIANÇA INTERIOR

Perder peso é uma coisa estranha e um grande mistério para muitos de nós. O que nos faz perder peso? O que nos faz ganhar peso? Parece que há tantas respostas quanto pessoas. Neste artigo desejo compartilhar com vocês uma perspectiva que me tem permitido perder peso e ao mesmo tempo lhes falar sobre um pouco da jornada que me conduziu a este ponto. É multidimensional, assim estejam preparados para ter algumas crenças destroçadas, pois este parece ser o caso quando damos um passo fora da “caixa” e observamos as coisas de uma perspectiva mais elevada ou a “cena maior”. Mas, como sempre, usem o discernimento e se algo que eu escrevo não ressoar para vocês, por favor, sintam-se à vontade para descartá-lo.

Na maior parte da minha vida eu fui uma destas pessoas afortunadas que não tinha que se preocupar com o peso. Eu podia tomar um litro de sorvete no café da manhã e não ganhar nenhum quilo. Isto mudou quando iniciei a Jornada Espiritual em 1994. Inicialmente era apenas uma variação de 1,5 a 2,5 quilos, mas então logo aumentou quando levei mais a sério o crescimento espiritual e em 1996 eu comecei uma clarificação emocional consciente a fim de ascender. Dois anos mais tarde eu conheci e me casei com Jonathan, o meu companheiro de vida. Deste ponto em diante o meu peso aumentou até que eu adquiri quase 15 quilos. Para mim isto foi trágico, já que isto disparou todos os meus medos da infância de ser ridicularizada e desprezada com a minha mãe tinha sido. Eu tentei algumas dietas, usando a dieta de alta proteína/baixos carboidratos, a dieta da água onde você bebe metade do seu peso corporal em número de copos a cada dia e algumas outras. A cada vez eu perdia alguns quilos, mas rapidamente os readquiria, uma vez que eu interrompesse a dieta.

Eu tentei fazer exercícios, mas depois de dois dias os meus músculos eram afetados. Eu tentei fazer Yoga, fazendo 90 minutos de Yoga de Bikram, em uma sala de temperatura elevada, 4 vezes por semana. Na primeira vez que entrei no estúdio e senti o calor intenso, eu pensei: “Oh, meu Deus, eu devo estar louca! O excesso de peso não merece este tipo de abuso”. Entretanto eu perseverei e isto me ajudou mais do que outras opções e tonificou os meus músculos, mas eu percebi que não poderia fazê-lo 4 vezes por semana. Eu não estava emocionalmente preparada para isto. Cada coisa que eu tentava ajudava um pouco, mas uma vez que eu o interrompia, o peso retornava.

Eu consultei os meus guias várias vezes no decorrer dos anos acerca deste assunto e a cada vez eles diziam que o peso não tem nada a ver com o que eu comia, e tudo a ver com as minhas emoções. “Está certo”, e eu me perguntava: “O que isto significa?” Eles têm uma grande inclinação para me dar uma resposta de dimensões superiores e então observam como vou decifrá-la. Algumas vezes eu acho que eles se divertem muito com isto. De qualquer modo, ao usar os princípios multidimensionais que eles tinham me ensinado, eu teorizava que isto significava que eu deveria encontrar o mérito na gordura adicional, desde que um dos seus princípios fundamentais era que “tudo tem um valor”. Assim, a gordura estava lá para me proteger de algum modo, e, portanto, a proteção era o seu valor. Eu escrevi um artigo intitulado: “O Mérito de Ser Gordo”, baseado neste descobrimento. Isto ajudou, mas não resolveu completamente o meu atual problema de peso, assim eu continuei a minha busca para encontrar um meio de perdê-lo agora.

Durante outra solicitação de ajuda eles me responderam a esta pergunta de como perder peso, que eu teria que amar esta gordura e uma vez que eu o fizesse o peso seria eliminado. Eu respondi a isto: “Vocês estão insanos? Vocês perderam a cabeça ou por acaso têm uma que possam perder? Isto tem que ser a coisa mais ridícula que poderiam me dizer. Como podem esperar que qualquer pessoa ame estar gorda?” Sim, eu estava um pouco perturbada. Mas novamente, usando os princípios multidimensionais eles tinham me ensinado que eu deveria começar a aprender a amar os meus 15 quilos de gordura. “Oh, como é excitante” eu pensei para mim mesma. “Eles poderiam também ter dito: “Aprenda a amar o fato de estar recolhendo fezes do cachorro”. Isto foi tão difícil para mim que eu desisti várias vezes antes de compreendê-lo verdadeiramente. Eles tinham me ensinado que o amor, o verdadeiro amor – não uma versão de co-dependência, é um sentimento que expressamos através de nosso comportamento. Ele é formado de 4 componentes: Confiança, Bondade, Permissão e Aceitação. Assim se eu amava a minha gordura, eu expressaria este sentimento como:
– Confiar que a minha Alma e a minha Criança Interior sabiam que estar gorda era para o meu maior benefício,
– Aceitar que isto tem um valor e este valor é a proteção,
– Permitir que ela esteja lá e não tentar se livrar dela porque ela é de grande valor,
– E mostrar bondade ao meu corpo, comprando roupas lindas, caras, 3 vezes maior do que antes, com a intenção de que eu estaria neste tamanho por tanto tempo quanto fosse necessário.

A permissão e a bondade foram os mais difíceis porque eles iam contra tudo o que me tinham ensinado quanto a ser gorda. Assim aprender a amar a minha gordura foi uma tarefa muito mais difícil do que eu havia imaginado e isto eu consegui após dois anos, mas finalmente eu o compreendi, usando os princípios multidimensionais.
Finalmente eu relaxei, comi sensatamente, me vesti melhor e deixei a obsessão em relação ao meu peso. Um milagre realmente! E o peso permaneceu.

Durante este período nós passamos por uma grande mudança em nossas vidas, mudando-nos de Los Angeles para Kansas City no início de 2001. Logo depois, foi-me dado outra dica para resolver o mistério da perda de peso. Já há algum tempo eu aprendera que o Ego/Criança Interior desempenhava um papel no ganho do meu peso, mas eu não sabia exatamente como. Meus guias me tinham ensinado a perspectiva multidimensional do Ego/Criança Interior e explicaram que o Ego era o mesmo que a Criança Interior, e que uma vez que compreendêssemos isto, nós experienciaríamos o amor próprio, já que o amor próprio é a experiência de apreciar o Ego/Criança Interior. E sim, eu escrevi um artigo sobre isto também. Ele é intitulado: “O Ego e a Criança Interior é o Mesmo?” Sim, eles me dão as coisas e eu as escrevo. Este é o meu trabalho.
Eles explicaram também que o Ego/Criança Interior (ou Ego/CI abreviado) vê a si mesmo como o nosso corpo físico. Esta foi uma excelente pista! Isto significava que a cada vez que eu olhava no espelho para o meu corpo roliço e sentia desgosto, meu Ego/CI experienciava este sentimento como se eu estivesse desgostosa com ele(a). Eles também me ensinaram que o único propósito do Ego/Criança Interior é a sobrevivência no momento a qualquer custo. Isto significava que a cada vez que eu sentisse desgosto quanto ao meu peso, meu pequeno Ego/Criança Interior entraria em ação e faria algo que me faria melhor naquele momento, de modo que eu (o) a amasse novamente. Isto se traduzia em comer batatas fritas, ou qualquer outra forma de alimento reconfortante. Assim quanto mais eu me sentisse desgostosa, mais eu era impulsionada pelo meu Ego/Criança Interior para comer para encontrar alívio. Que círculo vicioso! Porque o Ego/Criança Interior vive no momento, o impulso de comer vem direto nos meus pensamentos de desgosto!

A última peça do enigma da perda de peso se encaixou há vários meses, após a minha histerectomia e à subseqüente introdução à Terapia Natural de Reposição Hormonal. Ainda que ao usar os hormônios naturais me liberasse dos efeitos debilitantes da Síndrome da Fadiga Crônica que havia sofrido durante vários anos como resultado de haver me movido muito rápido no trabalho de clarificação emocional, isto não foi a resposta final para a perda de peso. Novamente, a peça final envolvia o Ego/Criança Interior. Desta vez tinha a ver com as reservas de energia e pela primeira vez esta peça não chegou através dos meus guias. Eu descobri isto como parte do processo natural de aprender a pensar multidimensionalmente.
Eu havia escrito o artigo intitulado “Enfrentando o Medo do Sucesso”, que falava do medo do sucesso e utilizava o método de Cálculo de Energia que os meus guias me tinham ensinado, mas eu não compreendi que poderia também ser aplicado para perder peso. Neste artigo eu discutia o gasto de energia que é aplicado ao Ego/Criança Interior. O Ego/Criança Interior precisa de uma determinada quantidade de energia a cada dia para manter o corpo vivo e funcionando apropriadamente. Quando nós gastamos muita energia diariamente, nós esgotamos estes níveis além do ponto crítico. Quando isto acontece o Ego/Criança Interior entra no que chamamos de método de maternidade. No método de maternidade a Criança Interior trata deste gasto excessivo de energia como se fosse uma gravidez. Quando as mulheres engravidam, elas começam a ganhar peso como uma proteção contra a inanição. O Ego/Criança Interior sente que está sofrendo de inanição porque muito de sua energia está sendo entregue a outros. Usualmente fazemos isto porque tememos que se não entregarmos esta energia, de algum modo não seremos amados e aceitos por aqueles a quem a estamos dando. Quando damos este nível de energia, nós somos geralmente co-dependentes e estamos de algum modo resgatando a outra pessoa, emocional ou fisicamente. O Ego/Criança Interior vê cada um destes indivíduos como bebês a quem estamos alimentando. Em outras palavras, quanto mais pessoas vocês cuidam, mais bebês vocês têm nos olhos do seu Ego/Criança Interior. Nesta consciência ou mentalidade de cuidar do outro a Criança Interior tomará cerca de 90% de cada porção que vocês colocarem em sua boca e vai armazená-la como gordura. Quando vocês ultrapassam os seus limites energéticos, o Ego/Criança Interior tirará destas áreas de armazenagem para lhes dar a energia que vocês querem usar para outros, de modo que vocês possam sobreviver e que ainda possam amá-lo(a). A propósito, isto se aplica tanto aos homens como às mulheres. O Ego/Criança Interior não vê nenhuma diferença entre o homem e a mulher, ou aos bebês que está alimentando ou à energia gasta. Isto também se liga quando se está trabalhando excessivamente ou no fracasso de delegar poderes.

Eu tive que fazer uma revisão muito boa em mim para ver onde eu estava cuidando. Aqueles que têm lido os meus livros, sabem perfeitamente que eu me considero a rainha dos zeladores. Ninguém pode resgatar outros melhor do que eu! (risos). Rapidamente pude formular uma lista de pessoas a quem estava cuidando de uma maneira ou de outra, em várias áreas do meu trabalho, onde precisava desesperadamente delegar tarefas e responsabilidades para outros. Antes que eu continue, deixem-me explicar o que eu quero dizer por “cuidar”. Cuidar, neste contexto, significa fazer pelos outros algo que eles poderiam e deveriam fazer por eles mesmos. Outra palavra para isto é capacitar ou facilitar. Aprender como não tomar o poder do outro, ao querer resgatá-lo, é uma tarefa difícil para mim! Eu fui mãe desde os seis anos, ao ter que cuidar de meus irmãos menores. Aprendi em uma idade muito precoce que a aceitação dos meus pais dependia de minha habilidade de manter os meus irmãos menores limpos, protegidos e sem problemas. Quanto melhor eu fazia isto mais eles me aprovavam. Assim o amor e a aceitação estavam ligados à maternidade para mim.

Aprender a desfazer esta crença tem sido uma grande e difícil jornada. Eu tive que me sentar e usar outro método que os meus guias me ensinaram. Eu o chamo de “Método de Direitos/Necessidades/Limites”. A fim de parar de cuidar/facilitar eu tive que ver muito claramente quais eram os meus direitos como humano, como mãe e como mulher, quais eram as minhas necessidades baseadas naqueles direitos e quais eram os meus limites que estavam baeados nestas necessidades. Eu peguei três folhas de papel, tracei uma linha na metade. Do lado esquerdo da primeira eu escrevi: “Quais são os meus direitos?” Do outro lado escrevi: “Quais direitos não estão sendo honrados?” Na segunda folha eu escrevi: “Quais são as minhas necessidades e quais necessidades não estão sendo alcançadas?” Na terceira folha eu escrevi: “Quais são os meus limites e que limites não estão sendo mantidos?” Isto foi realmente algo que me abriu os olhos, mas o mais importante foi que me permitiu identificar onde eu ainda entregava a minha energia aos outros a fim de ser amada e aceita. Sem este passo eu não poderia começar realmente a cuidar do meu Ego/Criança Interior, porque eu não sabia onde ou como eu estava dispersando a minha energia. Fazer este exercício me ajudou a identificar com precisão onde e como. Que lindo presente dos guias! Isto quase compensou esta resposta de Amor! (Sorriso)

Uma vez que eu esclareci aonde eu ainda estava cuidando, pude então dar o passo para determinar os limites e prossegui até o passo final de fazer acordos. Os acordos, como eu tenho aprendido, é como dizemos aos outros quais são as nossas necessidades e limites, de modo que estes não se convertam em expectativas ocultas. Eu os fiz com o meu Ego/Criança Interior, com o meu marido, com a minha filha, com os meus amigos, com os meus clientes e sócios nos negócios. Ter acordos me permitiu honrar meus limites energéticos e conquistar o apoio dos demais ao estar fazendo isto. Conforme prosseguia, notei que o meu corpo começou a responder e a desprendeur os quilos adicionais de gordura. Hoje eles diminuíram para 12 dos 15 que tive. Eu não tenho me exercitado durante um mes porque a minha bicicleta está esperando ser consertada e eu estou ingerindo alimentos ricos em calorias quase todas as noites sem adquirir um quilo. Assim eu imagino que os meus guias estavam certos, o problema não é o que vocês comem, mas tem a ver com as suas emoções e como vocês lidam energeticamente com estas emoções.

Eu continuarei a fazer exercícios e tentarei me alimentar adequadamente, mas compreendo que a minha perda ou o aumento de peso não será muito afetado por ambos. Há muito mais em relação a esta história, pequenos detalhes que fazem com que isto tudo faça até mais sentido, mas este artigo já está extenso o suficiente, assim eu guardei o resto para gravar em uma fita.

Eu espero que este artigo forneça algum insight, inspiração e alívio para todos aqueles que estejam atualmente com excesso de peso. Amem o seu Ego/Criança Interior… realmente ao amá-lo(a), vocês receberão recompensas maiores do que todas as dietas, comprimidos e horas gastas na ginástica do que vocês podem imaginar. Para mim, descobrir este conhecimento multidimensional sobre o Ego/Criança Interior foi não apenas uma solução para o meu problema de peso, mas se converteu em outra possibilidade para sentir o amor próprio e, portanto, a ascensão, e não é isto que todos nós queremos?

Em Serviço
Jelaila Starr
Conselho Nibiruano

Limpeza espiritual – 21 dias

Este apelo deflagra um processo de limpeza todas as limitações espirituais, conhecidas e desconhecidas, armas espirituais, parasitas mentais e do corpo emocional, entidades grudadas, formas-pensamento de todos os tipos (incluindo maldições, encantamentos, magias e feitiços) e os votos e acordos que mantém os dispositivos dentro de você.

Trará novas aberturas à sua vida de muitas formas. Na primeira ou segunda semana podem ou não ocorrer sonhos estranhos, fazendo um trabalho de processamento muito profundo. Em qualquer caso, não se preocupe, ambos são normais.

Coloque particular atenção na forma que suas próprias percepções do mundo possam mudar. Haverá sentimento de calma e clareza, trazendo um novo sentido de propósito e significado na vida. A vida melhorará em todas as áreas.

Comece a limpeza de tudo o que está ligando externamente com o sofrimento!
Leia atentamente, em um horário em que ninguém vai interferir. Procure fazer sempre no mesmo horário, o ideal é que possa ficar deitado por hora e meia depois de lê-la para que o processo se complete.


“Cristo acalme meus medos e apague todo mecanismo de controle externo que possa interferir com esta cura.

Meu Eu Superior feche minha aura e estabeleça um canal Crístico para os propósitos de minha cura. Só as energias Crísticas fluem até mim. Não se poderá fazer outro uso deste canal que não seja para o fluxo de energias Crísticas.

(Visualize ou imagine sendo envolvido por uma luz violeta que se movimenta em rotação no sentido horário. Esta energia violeta envolve o seu corpo e tudo ao seu redor imediato. Esta energia rotatória continuará por toda uma hora e meia ou através da noite se você utilizar este procedimento antes de dormir.)

Arcanjo Miguel, da décima terceira Dimensão, sele e proteja completamente esta sagrada experiência.

Círculo de Segurança da décima terceira dimensão sele, proteja e aumente completamente o escudo de Miguel e remova qualquer coisa que não seja de natureza Crística e que exista atualmente dentro deste campo.

Mestres Ascensionados e assistentes Crísticos removam e dissolvam completamente, todos e cada um dos implantes e suas energias semeadas, parasitas, armas espirituais e dispositivos de limitação auto-impostos, tanto conhecidos como desconhecidos.

Uma vez completado isso, complete a restauração e reparação o campo de energia original, infundido a energia dourada de Cristo.

EU SOU livre! EU SOU livre! EU SOU livre! EU SOU livre! EU SOU livre! EU SOU livre! EU SOU livre!

Eu, o ser conhecido como (declare seu nome) nesta encarnação particular, por este meio revogo e renuncio a todos e cada um dos compromissos de fidelidade, votos, acordos e/ou contratos de associação que já não servem a meu bem mais elevado, nesta vida, vidas passadas, vidas simultâneas, em todas as dimensões, períodos de tempo e localizações.

Eu agora ordeno a todas as entidades (que estão ligadas com esses contratos, organizações e associações às que agora renuncio) que cessem e desistam e que abandonem meu campo de energia agora e para sempre e em forma retroativa, levando seus artefatos, dispositivos e energias semeadas.

Asseguro isto: Sagrado Espírito Shekinah (Manifestação Divina) seja testemunha da dissolução de todos os contratos, dispositivos e energias semeadas que não honram a Deus Pai/Mãe. Isto inclui todas as alianças e seres que não honram a Deus Pai/Mãe como Supremo.

Espírito Santo testemunhe essa liberação completa de tudo que infringe a vontade de Deus Pai / Mãe. Eu declaro isto adiante e retroativamente. E assim seja.

Eu agora volto a garantir minha aliança com Deus Pai/Mãe através do domínio do Cristo e a dedicar meu ser inteiro, meu ser físico, mental, emocional e espiritual à vibração de Cristo, desde este momento em diante e em retroativo.

Mais ainda, dedico minha vida, meu trabalho, tudo o que penso, digo e faço e todas as coisas em meu ambiente que ainda me servem, à vibração de Cristo também.

Ademais, dedico meu ser à minha própria maestria e ao caminho da ascensão, tanto do planeta como o meu. Havendo declarado tudo isto Eu agora autorizo ao Cristo e ao meu próprio Eu Superior para que façam mudanças em minha vida para acomodar esta nova dedicação e peço ao Espírito Santo que testemunhe isto também. Eu agora declaro isto a Deus Pai/Mãe. Que seja escrito no Livro da Vida. Que assim seja. Graças a Deus.

Agora curar e perdoar coletivamente todos esses seus aspectos que fizeram os acordos e a todos os que participaram em sua limitação de qualquer forma. Inclua nesta oração de perdão quem quer que você necessite perdoar conscientemente, assim como aqueles desconhecidos de você. Repita o que segue:

Ao Universo e à Mente de Deus inteira e a cada ser Nela contido, a todos os lugares onde tenha estado, experiências das quais tenha participado e a todos os seres que necessitam esta cura, sejam conhecidos ou desconhecidos de mim: qualquer coisa que se mantenha entre nós, Eu agora curo e perdôo.

Santo Espírito Shekinah, ao Senhor Metatron, ao Senhor Maitreya e a Saint Germain ajudem e testemunhem esta cura.

Eu perdôo a todos por tudo o que necessite ser perdoado entre vocês e eu. Eu peço a todos que me perdoem, por tudo o que necessite ser perdoado entre eu e vocês. O mais importante, Eu me perdôo a mim mesmo, por tudo o que necessite ser perdoado entre minhas encarnações passadas e meu Eu Superior.

Estamos agora coletivamente curados e perdoados, curados e perdoados, curados e perdoados. Todos estamos agora elevados a nossos seres Crísticos. Nós estamos plenos e rodeados com o amor dourado de Cristo. Nós estamos plenos e rodeados da dourada Luz de Cristo. Nós somos livres de todas a vibrações de terceira e quarta dimensões de medo, dor e ira…. Todos os cordões e laços psíquicos unidos a essas entidades, dispositivos implantados, contratos ou energias semeadas, estão agora liberados e curados.

Saint Germain transmute e retifique com a Chama Violeta todas as minhas energias que me foram tiradas e as retorne a mim agora em seu estado purificado.

Uma vez que estas energias regressaram a mim, esses canais através dos quais se drenava minha energia são dissolvidos completamente.

Senhor Metatron nos libere das cadeias da dualidade. O selo do Domínio do Cristo é colocado sobre mim. Espírito Santo testemunhe que isto se cumpra. E assim é.

Cristo esteja comigo e cure minhas feridas e cicatrizes.

Arcanjo Miguel marque-me com seu selo. Eu sou protegido para sempre das influências que me impedem fazer a vontade de nosso Criador.

E assim seja!

Eu dou graças a Deus, aos Mestres Ascensionados, ao Comando dos planos sutis, aos Anjos e Arcanjos e a todos os demais que participam nesta cura e elevação contínua de meu ser.

Selah. Santo, Santo, Santo é o Senhor Deus do Universo! Kodoish, Kodoish, Kodoish, Adonai Tsebaioth.

Fique em repouso por uma hora e meia. Descanse nos braços do Radiante enquanto os Cirurgiões Etéreos dos planos sutis começam a tratar de você. Você pode desejar dormir; descansa seguro de que você está no caminho da Ascensão.

A GRANDE INVOCAÇÃO – versão no tempo presente


DO PONTO DE LUZ NA MENTE DE DEUS,
FLUA LUZ ÀS MENTES DOS HOMENS,
QUE A LUZ ESTÁ NA TERRA,

DO PONTO DE AMOR NO CORAÇÃO DE DEUS,
FLUA AMOR AOS CORAÇÕES DOS HOMENS,
QUE O CRISTO ESTÁ NA TERRA,

DO CENTRO ONDE A VONTADE DE DEUS É CONHECIDA,
GUIE O PROPÓSITO AS PEQUENAS VONTADES DOS HOMENS
PROPÓSITO QUE OS MESTRES CONHECEM E A QUE SERVEM.

DO CENTRO QUE CHAMAMOS DE RAÇA DOS HOMENS,
REALIZE-SE O PLANO DE AMOR E LUZ,
A PORTA ONDE HABITA O MAL ESTÁ SELADA.

A LUZ, O AMOR E O PODER ESTÃO RESTABELECENDO
O PLANO SOBRE A TERRA.
A LUZ, O AMOR E O PODER ESTÃO RESTABELECENDO
O PLANO SOBRE A TERRA.
A LUZ, O AMOR E O PODER ESTÃO RESTABELECENDO
O PLANO SOBRE A TERRA.
AMÉM AMÉ AMÉM

OBSERVAÇÕES

1. Visualizar num primeiro momento a chama-trina (azul, rosa e amarelo-ouro) na região do Coração-Timo enquanto decretar estas palavras-chave e num segundo momento visualizar também no centro (coração) da Terra.

2. Visualizar sobre a cabeça uma estrela dourada de 6 pontas irradiando para você e num segundo momento, colocar a mesma estrela sobre a Terra e a Humanidade.

Hoje é dia das mães. Dia da MÃE TERRA!

Hoje é dia das mães: peçamos a benção a mãe TERRA, para nós, para todos os elementais, para nossas cidades, para esse lindo planeta azul!

Ela, a Grande mãe terra, que outrora foi tão celebrada e hoje é constantemente vilipendiada… Que apesar de todos nossos desacatos, ainda nos abençoa com flores maravilhosos, frutas deliciosas e tantos alimentos.

Que ela proteja a todos nós e ao meu querido Rio de Janeiro, abençoado pela natureza, mas constantemente maltratado por seus habitantes e visitantes.

A FÓRMULA DA COMPAIXÃO

A PRIMEIRA CHAVE MULTIDIMENSIONAL DA COMPAIXÃO

Autoria: Jelaila Starr

A Fórmula da Compaixão é usada para mudá-los do Nível Um até o Nível Nove no processo de Recodificação, Reconexão e Ativação do DNA.

É também usado após vocês alcançarem a multidimensionalidade e para mantê-la.

A Fórmula lhes permite moverem-se através de um número suficiente de lições em seu Projeto de Vida para conquistar a freqüência necessária para a consciência plena. Em outras palavras, a Fórmula alivia a sua freqüência corporal a cada vez que vocês a usam para lidar com um conflito e integrar o medo envolvido na lição por trás do conflito.

As lições vêm a vocês sob a semelhança de conflitos. Eu percebi que eu não pude completar o processo de RRA sem a Fórmula porque a Fórmula me capacitou a remover as emoções negativas dos conflitos de meus corpos físico/emocional, movendo-os acima através do meu coração, para a parte superior do meu coração, transmutando-os lá em compaixão.

Outro benefício da Fórmula é a ativação das glândulas psíquicas adormecidas.

Cada vez que vocês usam a Fórmula vocês exercitam estas glândulas adormecidas. No momento em que vocês terminarem a ativação do DNA, estas glândulas estarão prontas para uso em tempo integral.

Sugestões para que se lembrem ao usarem a Fórmula da Compaixão:

Conscientizem-se dos sentimentos de sua situação, expressem-nos primeiro verbalmente e fisicamente, então comecem a Fórmula no problema. Senti-los e expressá-los fisicamente faz com que as emoções se ancorem através do Chacra Cardíaco e na parte Superior do Chacra Cardíaco, onde elas serão transmutadas e liberadas. Estas emoções de freqüência densa e inferior são estímulos que uma vez transmutadas na freqüência mais elevada da compaixão através da parte Superior do Coração (age como um incinerador), fluem através do seu corpo como uma liberação excitante, mudando o seu DNA ao mesmo tempo.

Vocês continuarão com este ciclo de criar velhos problemas assim como a lidar com novas lições ao usarem as Chaves da Compaixão até que tenham clarificado o suficiente para completar a religação das 12 fibras do seu DNA. Posteriormente, vocês continuarão a se purificar emocionalmente a fim de completar a ascensão, mas agora vocês terão o apoio das novas vias neurais e de seus padrões associados de comportamento saudável. A ascensão está presentemente planejada para ser completa por volta de 2012. Agora vamos prosseguir com as nove etapas da Fórmula da Compaixão.

As nove etapas da Fórmula são como se seguem:

Etapa Um: Lição

Qual é a lição que eu queria aprender em relação a esta pessoa e o conflito que estamos experienciando?

Peçam ao seu Eu Superior/Alma, anjos ou guias espirituais para ajudá-los. Ela estará em seu projeto de vida. Seu projeto de vida é o seu roteiro através de sua existência presente. Ele contém todas as lições, contratos e eventos maiores para a sua existência presente, junto com as pessoas envolvidas.

Etapa Dois: Contrato

Qual é o contrato que eu fiz com esta pessoa?

Peçam que lhes seja mostrado o contrato que vocês fizeram para aprender esta lição. Se usarem a Fórmula para liberar um indivíduo, peçam pelo contrato que pertence a vocês e a esta pessoa. Há freqüentemente muitos contratos com muitas pessoas para aprender a mesma lição. A proporção de contratos para as lições varia, dependendo de quanto tempo e quantas existências vocês estiveram tentando aprender esta lição em particular. Quanto mais existências, mais contratos da existência presente para esta lição.

Lembrem-se de que ninguém concorda em fazer um contrato com vocês a menos que eles também, precisem aprender a mesma lição. Em alguns casos, a outra pessoa em seu contrato está lá para aprender o outro lado da lição.

Etapa Três: Papel

Qual é o papel que esta pessoa está desempenhando para expressar a sua parte do contrato?

Peçam para ver e compreender o papel que vocês desempenham e o papel que a outra pessoa está desempenhando no contrato. Peçam auxílio para compreender como os papéis parecem enquanto eles estão sendo desempenhados. Eu me visualizo em um palco como uma atriz e a outra pessoa como uma atriz/ator. Isto me ajuda a ver os papéis mais claramente, porque eu sou capaz de visualizar o seu comportamento como uma representação.

Etapa Quatro: Aspecto

Qual é o meu aspecto que esta pessoa está refletindo para mim?
Novamente peçam auxílio para ver e compreender o aspecto de vocês que a outra pessoa está refletindo para vocês. Elas são o seu espelho que reflete um aspecto de vocês através do seu comportamento. Eu sempre achei esta etapa como a mais difícil de tratar. Ela demanda uma honestidade própria brutal, mas vale a pena o esforço.

Algumas vezes, ao invés de refletirem um aspecto de seu comportamento, elas estão refletindo algo que vocês julgam. Um exemplo seria alguém que os roubam. Vocês podem não ser ladrões, mas podem estar julgando o furto ou as pessoas que roubam.

Etapa Cinco: Presente

Qual é o presente que esta pessoa está me dando ao desempenhar o seu papel?

Peçam ajuda assim vocês poderão ver e compreender o presente que a outra pessoa está lhes dando ao desempenhar o seu papel. O valor que eu mencionei anteriormente é o valor do presente, e o presente é a lição aprendida.

Verificação do Processo

Uma vez que vocês completaram as primeiras cinco etapas,
deveriam estar sentindo um aumento de compaixão e de gratidão pela outra pessoa envolvida no conflito/contrato. Caso contrário voltem então na lição e recomecem.

Algumas vezes isto requer algumas tentativas antes que finalmente compreendamos a lição na qual estivemos trabalhando. Eu percebo que frequentemente sei que a compreendi quando tenho um sentimento terno em meu coração. Ele pode estar ligado a um sentimento forte de saber como um Ah Ha!

As quatro etapas finais são usadas para terminar de clarificar e liberar a negatividade/refugo emocional do corpo físico, fora da parte superior do chacra cardíaco.

Quando penso na parte superior do chacra cardíaco, eu visualizo um dispositivo invisível em forma de cone incluído em meu campo áurico. Ele se liga ao meu corpo físico logo acima do meu coração e abaixo da minha clavícula. Quando eu uso a Fórmula ele se abre, assim a energia/compaixão transmutada pode se mover através dele e para fora.

Compreendo que a parte superior do chacra cardíaco realiza a mesma função que o cólon/ânus e a bexiga/uretra no corpo físico. Ambos realizam funções de eliminação da matéria estragada/tóxica. A única diferença é que o sistema físico elimina a matéria física densa e a parte superior do chacra cardíaco elimina matéria etérea.

Etapa seis: Aceitação

Eu posso aceitar o papel que esta pessoa tem desempenhado, junto com as suas ações, para me ajudar a aprender esta lição?

A aceitação é um dos quatro elementos do amor incondicional. A aceitação é parte da compaixão e é o amor incondicional em ação. Isto também inclui a aceitação de quem é a pessoa, sem julgamento. Eu percebo que quando estou tendo um momento difícil com esta etapa, eu posso clarificá-la quando me lembro que eles são almas em um corpo como eu, e nós estamos nos ajudando com uma lição.

Etapa sete: Permissão

Eu posso me permitir deixar ir a minha raiva em relação a esta pessoa que desempenhou o papel para me ajudar a aprender a lição?

A permissão é também um dos quatro elementos do amor incondicional. A permissão é parte da compaixão e é o amor incondicional em ação. Isto inclui permitir às pessoas de ser quem elas são e de seguirem o seu caminho escolhido, independente de como vocês se sintam sobre isto.

Frequentemente, até eu alcançar esta etapa, eu acho muito fácil deixar ir a minha raiva em relação à pessoa porque eu estou sentindo a gratidão e a compaixão que vem ao ver a dor que eles sofreram ao desempenharem o seu papel por mim.

Um outro lembrete: A permissão é mais fácil de fazer quando deixamos ir a necessidade de controlar o comportamento ou as escolhas de alguém para seu próprio bem. Nós tendemos a controlar as pessoas sem o medo de que as suas ações os machuquem/ e ou a nós. Se compreendermos que tudo tem um valor, então poderemos começar a liberar a nossa necessidade de controlar porque compreenderemos que haverá um valor em todo e em cada resultado.

Etapa oito: Liberação

Eu posso liberar esta pessoa da culpa?

Esta é fácil quando vocês compreenderem que não são vítimas. Ao contrário, vocês são participantes ativos em um contrato e lição que vocês ajudaram a instituir.

Assumir a responsabilidade por sua parte no contrato os capacita a liberar a outra pessoa da culpa pelo papel que eles desempenharam para ajudá-los a aprender a lição que vocês queriam. Vocês compreendem que assim como não são vítimas, eles também não são os vilões. Devin, o meu guia da 9ª dimensão, me disse muitas vezes que é muito mais difícil desempenhar o papel de um vilão do que desempenhar o papel de um herói.

Liberar alguém da culpa é diferente do que perdoá-los. Perdoar alguém é o que fazemos quando sentimos que eles pecaram contra nós, quando somos sacrificados. A Liberação é o elemento chave na Fórmula. A liberação é criada através de sua compaixão pela outra pessoa.

Etapa nove: Benevolência

Agora que eu liberei esta pessoa, eu posso ser gentil com ele/ela, e se o for, como posso fazê-lo?

Neste ponto vocês deveriam estar sentindo a intensidade da liberação através da parte superior do coração. Eu acho que o grau do sentimento difere de acordo com a intensidade emocional do problema. Quanto mais sobrecarregado emocionalmente for o problema, mais intensa será a liberação.

Eu achei que esta etapa é a mais emocional. Eu estou plena de gratidão e compaixão quando alcanço esta etapa e meu único pensamento é como aperfeiçoar e lhes agradecer.

Agora que estão sentindo a gratidão e a compaixão, tendo liberado a outra pessoa da culpa e da raiva, e percebido que podem ser gentis com eles agora, vocês estarão prestes a terminar a Fórmula. As duas partes finais da Etapa Nove são:

a) Como vocês mostrarão a sua benevolência, e

b) Como vocês o farão?

Estas duas últimas partes são muito importantes e eu os encorajo a completá-las tão rapidamente quanto possível desde que o processo não estará completo até que vocês o façam. Uma carta ou um telefonema para a pessoa dizendo que vocês lhes agradecem pela lição que eles participaram. Eu acho que compartilhando a lição que aprendi deles percorremos um longo caminho na cura da dor que ambos sentimos.

Advertência: Não os levem a realizar a Fórmula. Eles não os compreenderão e frequentemente ficarão zangados e defensivos, a menos que conheçam a Fórmula também.

Mudando a Energia

Uma vez que completaram a Fórmula, então é o momento de fazer algo com o contrato. O contrato é energia como tudo o mais, assim vocês poderão mudar a sua forma em algo mais, como se estivesse trabalhando com o Lego.

Eu freqüentemente visualizo o contrato se dissolvendo em milhares de pedaços de energia de luz, e então eu envio esta energia para alguém que esteja doente para auxiliar em sua cura. Em outras ocasiões, eu o deposito em uma conta de energia que criei para manifestar um dos meus desejos como uma nova casa ou alguma coisa. Vocês também podem depositá-lo na conta de alguém mais para auxiliá-los a manifestar um dos seus desejos.

De qualquer maneira, isto é onde eu posso me divertir um pouco com o contrato e ser criativa. Um final positivo para uma lição dolorosa, não acham?

Eu espero que este resumo e as etapas da Fórmula da Compaixão os ajudem a fazer as escolhas apropriadas para vocês. Mais informação poderá ser encontrada em “Nós somos Nibiruanos”, o primeiro livro/manual do Conselho, assim como nos livretos “Chaves Multidimensionais da Compaixão”. Estes livretos contêm todas as informações dadas na Fórmula da Compaixão, a ferramenta ou chave fundamental, assim como as seis ferramentas adicionais que foram dadas desde a escrita do primeiro livro/manual.

Se tiverem perguntas sobre o uso da fórmula, por favor, sintam-se à vontade de me telefonar no número (816)444-4364 ou podem me enviar um e-mail para jelaila@nibiruancouncil.com.
Jelaila Starr

Conselho Nibiruano

Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br

O ELEMENTAL DO CORPO

Um Elemental do Corpo e um Anjo Ministrante são designados para cada fluxo de vida; esses seres ficam com o mesmo indivíduo por todas as encarnações. O Elemental do seu Corpo vive no corpo etérico. Todavia, ele é responsável por todas as funções do corpo físico, emocional e mental, assim como do corpo espiritual

No momento em que o fluxo de vida individual escolhe encarnar pela primeira vez, o Corpo Mental Superior é chamado diante do Conselho Kármico e lhe é dada permissão e também a destinação para qual será enviado.

A fim de fornecer uma forma física na qual o Corpo Mental Superior possa funcionar, os Construtores da Forma são chamados para proverem um Ser Elemental Superior da mesma Esfera e Raio da qual o Fluxo da Vida encarnante pertence. Estes Seres Elementais são treinados nos níveis interiores para desenhar a substância de Luz Universal e seguir um modelo, para criar uma chama, flor ou algumas manifestações simples da natureza.

O tempo que o Elemental pode manter o modelo na sua consciência determina a duração da manifestação da forma.

A medida em que estes potentes Construtores da Forma progridem nas suas capacidades de manter o modelo recebido por eles do grande Deva da Natureza, eles galgam a escada da evolução a um ponto onde eles devem ser incumbidos de construir o Templo que hospedará a presença de Deus.

Cada fluxo de Vida, antes da sua primeira encarnação, é ligado a um Elemental em uma cerimônia solene diante dos Senhores do Karma; o Elemental é encarregado de permanecer com ele todo tempo em que deseja habitar um corpo físico, para mantê-lo em bom estado e, de todas as maneiras, fazê-lo um templo habitável.

A substância de Luz eletrônica pura e as forças dos elementos são dadas aos cuidados do Elemental do Corpo, ao qual foi permitido contemplar o Corpo Mental Superior, como o modelo que ele vai construir com a substância do plano tridimensional.

No princípio, a criação de um corpo era uma experiência alegre e feliz. Depois que a Presença projetava a Chama Imortal dentro da célula, o Elemental do Corpo desenhava os elementos necessários e recriava quase perfeitamente o desenho e o modelo do Corpo Mental Superior. As formas da carne eram bonitas, acima de palavras para descrever e, verdadeiramente, prevalecia uma idade de uuro de beleza. O Duplo Etérico era o modelo que o Elemental usava para retratar a glória plena do Corpo Mental Superior e era fácil para ele ter referência desse modelo de tempos em tempos. O Elemental alojava-se no Templo que ele construía e, como um empregado ou zelador, conservava as funções que mantinham o corpo em funcionamento. Era uma associação feliz entre o morador e o Elemental.

O Elemental do corpo é ajuda útil no processo de auto-cura. Ele conhece a planta da sua estrutura atômica/molecular até o nível celular do DNA/RNA. Ele sabe exatamente onde os traumas e memórias estão armazenados e detém o mapa do caminho para encontrar com precisão os locais que contêm problemas.

Quando o homem começou a experimentar o uso da energia e provocar certas distorções na forma e impurezas na essência do seu corpo etérico, o Elemental do Corpo ficou confuso porque o modelo foi corrompido e ele, OBEDIENTEMENTE, começou a copiar as distorções na matéria. Entre encarnações, é permitido ao ser em evolução permanecer por pouco tempo em qualquer reino ou esfera que ele tenha merecido o direito de habitar, pelo uso da energia na sua vida na Terra, e o Elemental é liberado para gozar uma certa liberdade no Reino Elemental e descansar para o próximo serviço; quando a alma é chamada para uma nova encarnação.

Quando os Senhores do Karma chamam novamente o fluxo de vida encarnante, este se apresenta geralmente no seu corpo Etérico, onde estão gravadas todas as experiências passadas, não só na Terra, mas nos reinos interiores, entre as encarnações. Neste mesmo tempo, o Elemental do Corpo também é chamado e, freqüentemente acontece uma “cena” digna de se ver porque o Elemental, com muita justiça, se recusa a usar sua energia para modelar e formar um corpo tão distorcido como o Corpo Etérico do seu companheiro nesta longa jornada.

O Corpo Mental Superior do Fluxo de Vida também está a serviço e o Elemental do Corpo é confortado pela oferta de suporte da Sua Presença. Então, a substância à qual a alma carregou sua energia – pura ou não- é dada ao Elemental do Corpo para tecer uma nova forma física. Nessa situação, ele coloca tal substância impura dentro da forma novamente com muita relutância. Você verá que, após séculos de esforço trabalhando contra os apetites e paixões que o indivíduo desenvolveu quando ele caiu da Pureza e Graça, o Elemental do Corpo desenvolveu uma antipatia por esse fluxo de Vida com o qual ele é forçado a trabalhar. Então, o Elemental do Corpo, deixando de ser cooperativo e ajudante amoroso, bloqueia os projetos e desenhos do indivíduo sempre que possível.

Quando o indivíduo chega a um ponto de compreensão e empenho para permanecer sob as Leis da Pureza e abstinência dessas atividades que destroem a estrutura da forma física, abre-se o começo de uma nova associação de amizade entre o indivíduo e o Elemental do Corpo. Isto, no entanto, não acontece em questão de um instante, pois, séculos, o abuso e o descuidado uso do Templo, criado e sustentado por este Elemental, não é esquecido facilmente. Então também o Elemental do Corpo precisa esperar pela purificação do envelope etérico que forma seu modelo. Quando este Corpo Etérico tenha ficado no Fogo Sagrado e recuperado o Padrão de Luz do seu Corpo Mental Superior, o Elemental do Corpo pode transferi-lo para a carne rapidamente.

A mesma substância que compõe a forma física tem sido usada repetidas vezes em encarnações sucessivas e requer purificação a fim de elevar a ação vibratória e emitir Luz. Você verá portanto necessidade do uso da Chama Violeta e da ação da Pureza da Chama Cósmica em conexão com o trabalho que está sendo feito pelos Construtores da Forma. Quando isto é compreendido e conscientemente aplicado, nós poderemos ter novamente alguns desses “corpos duradouros” que não permitem absolutamente registros de doenças, desintegração e, finalmente, morte.

Amorosamente, sinceramente e devotadamente, “EU SOU” Saint Germain.

Extraído do: “As Leis Esclarecedoras da Vida” – (Law of The Life Enlightener)

Oração de Gratidão ao Elemental do corpo

Com Pleno Poder e Autoridade da Amada Presença de Deus “Eu Sou”
em Nome do nosso Amado Maha Chohan
e da Fraternidade de Elementais e Homens:
Envio amorosa gratidão e profundo reconhecimento
ao Ser Elemental do meu corpo
meu amigo altamente desenvolvido
que dirige a manutenção de meu corpo físico
bem como envio Amor a cada elemento do meu corpo
Invoco as Bênçãos de Deus
para derramarem-se sobre o Elemental do meu corpo
assim como sobre o Elemental de todos os corpos humanos
com a plenitude do Amor e Poder Cósmicos, sempre expandindo-se
até que o amor, a paz, o conforto, a misericórdia e vitalidade
manifestem-se fisicamente e a toda a Humanidade.
Que assim seja
no mais Sagrado Nome de Deus, “Eu Sou”.

Extraído do livro “Minhas Preces e Orações Prediletas” de Anngela Druzian, Mystic Editora, 3ª Edição, Fev/2002.

O QUE É A COMPAIXÃO?

Jelaila Starr

Este foi um dos artigos mais desafiadores que eu tive que escrever porque ele insulta um velho paradigma social em que todos nós estivemos imersos. Este paradigma tem a ver com o como compreendemos e usamos a compaixão. Por causa da clareza, eu faço uma diferenciação entre a compaixão que nos foi ensinada pela sociedade (vamos chamá-la de compaixão da 3D), e a versão de compaixão da dimensão mais elevada (vamos chamá-la de compaixão da 5D).

O dicionário “Webster” define a compaixão como: consciência profunda do sofrimento do outro aliado ao desejo de aliviá-lo; piedade. Eu acredito que esta seja uma explicação muito boa do tipo de compaixão que nos foi ensinado. Como vocês podem ver, a compaixão é uma emoção: um sentimento em movimento. É um sentimento ativo. Quando um sentimento está ativo, ele pode ser usado como uma ferramenta. Como uma ferramenta, ele pode ser usado de uma maneira positiva ou negativa.

Agora, percebam que o Webster usa o termo “piedade” quando define a compaixão O Webster define a piedade como: um sentimento de pesar que incline alguém a ajudar ou a mostrar misericórdia. A misericórdia é frequentemente usada como motivo para resgatar o outro da dor. E nos foi ensinado que a misericórdia é uma coisa boa.

Entretanto, de uma perspectiva mais elevada, a piedade e a misericórdia são vistas como termos que definem alguém que seja vítima, não um deus/deusa criador.

Eu vim a compreender que a piedade é uma forma ativa de julgamento com o sofrimento do outro sendo julgado como mal. Não é de admirar que não apreciemos o fato de inspirarmos piedade, hum… Nós frequentemente não desejamos aliviar o outro de sentir algo maravilhoso, não é? Mas tendemos a querer aliviar o outro de um sentimento que nos faz sentir mal, também, isto é, a dor.  O pesar e o sofrimento são dolorosos e, portanto, ao termos piedade da experiência do outro, estamos dizendo que o que eles estão experienciando não é bom, vocês não diriam? Assim, com isto em mente, faria sentido que a compaixão na 3D, como definida pelo Webster, seja uma ferramenta de julgamento? Por favor, tenham em mente que esta forma de compaixão que nos foi ensinada, é tudo parte do jogo e nós a projetamos para ser não capacitada, de modo que nós como almas, pudéssemos nos mudar para um estado incapaz, imaginarmos que somos incapazes e então dar os passos para reconquistar o nosso poder. Em outras palavras, faz parte do jogo da evolução da alma, portanto, não está nem certo, nem errado.

A compaixão da dimensão mais elevada ou compaixão de 5D é definida como: consciência profunda do sofrimento do outro sem a necessidade de aliviá-lo, sentindo total apreciação por seu valor; um estado de não julgamento.

Como vocês podem ver, definir a compaixão de 5D é um pouco difícil porque temos que esforçar as nossas mentes para compreender outro ponto de vista que é muito estranho para nós. O pensamento de que o sofrimento de alguém possa ter um valor não é um pensamento normal em nosso mundo. Mas é o tipo de pensamento que nos foi ensinado que Deus tem. “Deus é compassivo, Deus ama incondicionalmente”. Nós ouvimos estas palavras e, entretanto, não compreendemos como alcançar estes estados de consciência. Como alcançamos o nível do amor incondicional e da compaixão? Quais são os passos? Em poucas palavras, devemos mudar a nossa perspectiva da compaixão e começarmos a usar uma versão que está além do que nos foi ensinado. Devemos nos mover para o reino do não julgamento, esquecendo-nos da piedade.

Na compaixão de 5D devemos suspender todo o julgamento das ações do outro. Devemos estar conscientes destas ações, como elas são difíceis e ao mesmo tempo compreender que elas têm um valor e que este valor pertence ao papel que elas desempenham ao facilitarem o nosso crescimento espiritual como almas. Foi dito por muitos professores, que somos almas que estão tendo uma experiência física. Somos almas que vieram à Terra para participar de uma oportunidade maior para o crescimento da alma. Por que esta é uma grande oportunidade? A Terra está em uma zona de livre arbítrio em que não há limites na expressão criativa da Luz e da Escuridão. Foi dito também que somos deuses e deusas criadores e, portanto, criamos nossas próprias realidades. Assim, se somos almas que são também deuses/deusas criadores e estamos encarnados na Terra para criarmos a fim de aprendermos e crescermos, a partir do que criarmos, então a Terra deve ser o playground fundamental de um deus/deusa criador. Certo? O que vocês pensam?

Agora, é verdade que nossas criações Escuras são aquelas que nos causam dor. Eu não acho que alguém contestará isto. Mas, nós que evoluímos um pouco, sabemos que aprendemos mais através de nossas experiências dolorosas. De fato, é através de nossas manifestações escuras que crescemos: não das nossas manifestações da Luz. Nossas manifestações da Luz são as recompensas que criamos para nós mesmos para criarmos, experienciarmos e aprendermos de nossas manifestações Escuras. Está certo, assim se tudo isto é verdadeiro, então somos criadores de tudo o que experienciamos – isto significa todas as manifestações de Luz e Escuridão em nosso mundo – e todas elas têm valor porque são através delas que nós aprendemos. Vamos tomar os Ataques do World Trade Center/Pentágono como exemplo.

De uma perspectiva de 3ªdimensão (a forma como a sociedade pensa), os Ataques do World Trade Center/Pentágono são eventos terrivelmente dolorosos. De uma perspectiva da 3ª dimensão, não há um modo de que possa haver algo bom sobre eles, assim eles não têm valor. Mas, de uma perspectiva mais elevada, eles têm grande valor porque eles: a) levou-nos ao próximo nível neste jogo da evolução da alma chamada de Integração da Polaridade (a integração da Luz e da escuridão), b) mostrou-nos que nós, como Trabalhadores da Luz, nos movemos da consciência de massa da Terra para um nível mais elevado, criando assim um movimento contrário pela escuridão, e c) os ataques forneceram o chamado de despertar para os Trabalhadores da Luz em todo o lugar para entrarem na sua maior missão para a Terra (criar uma grade de compaixão da 5ªdimensão ao redor da Terra para erguê-la para uma vibração da 5ª dimensão). Assim, neste caso, como sempre, a horrível dor teve um grande valor.

A um nível pessoal, quando eu vi aqueles edifícios desabando, compreendi que o seu fim não foi provocado pelo impacto dos aviões, eu sabia que este evento anunciava uma nova fase da ascensão da Terra. Ao mesmo tempo, compreendi que tal evento não teria ocorrido a menos que aqueles que desempenham os papéis da Escuridão sentissem que a Luz estava avançando para eles. Nas ascensões planetárias, há sempre equilíbrio e a oposição ao equilíbrio.  Quando as forças da Luz moveram a Terra para uma vibração mais elevada, as forças da Escuridão se movimentaram para se oporem a este equilíbrio. Esta é a nossa criação refletindo para nós o poder de nossas ações. A Escuridão não teria feito este movimento a menos que tivéssemos feito um movimento que nos colocasse diante dela. Isto faz sentido? Assim é, a um nível do deus/deusa criador e espiritual, uma coisa boa porque ela nos possibilita ver que estamos progredindo na mudança de nosso planeta através do poder da consciência de massa.

Os ataques também me alertaram para o fato de que estamos em um jogo totalmente novo, tendo nos movido para o nível onde os prêmios são muito maiores. Logo que mudamos a consciência coletiva (a mente coletiva das pessoas) para um estado mais elevado, fora do aquário assim falando, então as forças da Escuridão moveram-se para que voltássemos àquele aquário. Como eu disse anteriormente, este não é mais um jogo disputado apenas para aprisionar nossos corpos; agora é um jogo para aprisionar nossas mentes. Por quê? Porque finalmente mudamos a nossa mente coletiva para fora do aquário! Antes isto não tinha ocorrido porque não havia um número suficiente de pessoas despertas espiritualmente para fazer esta mudança, mas agora há.

Assim, voltamos à compaixão. Se usarmos a forma de compaixão da 3ª dimensão, respondendo a esta última experiência do deus criador, nós nos encontraremos de volta ao aquário. Por quê? Nós estamos escolhendo visualizar esta experiência como vítimas ao querermos interromper a dor e ao nos apiedarmos daqueles que sofreram. Quando agimos desta maneira nós nos separamos de nosso potencial mais elevado, isto é, de nossos eus deuses/deusas criadores. Vemos esta criação como se fosse de alguém mais – vemos aqueles que desempenharam o papel da Escuridão como separados de nós. Os deuses e deusas criadores sabem que eles são Um, eles fazem parte de um todo maior. Quando usamos a compaixão de 3ª dimensão dizemos através de nossas ações que não somos poderosos e, portanto, incapazes de criar uma experiência diferente, incapazes de aprender através dela e incapazes de curar e equilibrar esta última criação dolorosa.

Quando usamos a compaixão de 3ª dimensão sentimos piedade. Quando nos apiedamos de alguém, afirmamos através de nossa ação que o que eles estão experienciando é mal e, portanto, negativo. Como almas e deuses e deusas criadores, não há certo ou errado, apenas expressões da polaridade e todas as expressões têm valor. Assim, deuses/deusas criadores não usem a piedade… Permaneçam no não julgamento, permitindo que todas as expressões da criação apenas sejam. Agora, isto não soa como o modo que Deus do não julgamento, que permite e ama incondicionalmente? Se assim for, então sabemos agora como ser semelhante a Deus.

Prosseguindo, no exemplo dos ataques do World Trade Center/Pentágono, concluímos que se usarmos a compaixão de 3ª dimensão somente assegurará a nossa permanência no aquário. Se, pelo contrário, escolhermos usar a compaixão de 5ª dimensão nós não somente manteremos as nossas mentes coletivas fora do aquário, mas poderemos movê-la acima e além da margem. Como fazemos isto?

Nós fazemos isto realizando três etapas do deus/deusa criador.

1 – Ao Vermos e aprendermos a extensão das ações da Escuridão nesta experiência de vida.

2 – Ao sentirmos e transmutarmos estas energias para a compaixão.

3 – Ao convergirmos esta compaixão para uma nova realidade ou grade de consciência que expandimos para envolver o nosso mundo, movendo-nos assim para fora e além do aquário. Eu explicarei.

1 – Aprendam a extensão das ações da Escuridão: Não sejam um avestruz.

Esta etapa significa que nós, enquanto deuses e deusas criadores, exploramos as intensidades de nossa criação. Nós não nos escondemos ou corremos do que criamos. Não importa quão escura, horrível, repulsiva e dolorosa seja esta criação, percebemos que somente não somos responsáveis por ela porque ela é parte de Tudo O Que É, mas nós encontramos o valor nela como uma oportunidade de aprendizagem.

Eu percebi que muitos Trabalhadores da Luz ou não estão conscientes de que eles necessitam fazer isto ou estão sem vontade de fazer isto. Eles acham que ao não olharem para a Escuridão, não pesquisando e investigando a história oficial que foi dada pela mídia, eles estão fazendo a coisa certa. Em outras palavras, eles não estão colocando lenha na fogueira ao responderem com raiva ou sentirem a necessidade de vingança. Por um lado estão corretos, mas o que eles estão compreendendo é que eles não estão fazendo algo para contrabalançar o evento. Em outras palavras, eles não estão criando e abastecendo uma realidade oposta para os ataques do World Trade Center/Pentágono.

Tenho recebido inúmeros e-mails de Trabalhadores da Luz bem intencionados, informando-me de que eles estão centrados no amor e, portanto, não estão reconhecendo a Escuridão. Neste caso isto significa as ações de terroristas, a Elite Global e/ou em um nível cósmico, os reptilianos. Em muitos, mas não em todos os casos, eu compreendo que eles evitam ver a Escuridão, assim eles se comportam como um avestruz. Eles estão colocando as suas cabeças dentro de um buraco, achando que se eles não reconhecerem o mal e o repulsivo, ele irá embora. Bem, infelizmente todos nós sabemos que isto não funciona. Se isto funcionasse, eu seria a primeira na fila a fazê-lo. Assim, meus amigos, a primeira etapa é saber a extensão das ações do lado da Escuridão, por mais que elas se manifestem. Isto não é divertido, é muito doloroso. Algo do que eu pesquisei vira o meu estômago e me dá pesadelos, mas eu preferiria encontrar estas coisas a ser ingênua. Conhecimento é poder. Quando conhecemos o que estamos prestes a ser contra, podemos fazer algo sobre isto. Nós estamos capacitados. Nós temos escolha.

2 – Transmutando as energias

Uma vez que conhecemos a extensão das ações da Escuridão, podemos então nos mover para a próxima etapa: a transmutação. É onde as ferramentas das dimensões mais elevadas/do deus criador entram em cena. Não podemos transmutar a dor, a raiva, a revolta, e o desgosto em compaixão, a menos que tenhamos uma ferramenta que nos capacite a ver o seu valor. Neste momento em nossa história, devemos ativar estas ferramentas e as encontraremos armazenadas em nosso DNA. Nós não escolhemos estar aqui na terra neste momento sem as ferramentas que nos capacitariam a completar a missão com sucesso. Eu tenho apelidado a mais poderosa destas ferramentas de Fórmula da Compaixão. Ela contém a versão da dimensão mais elevada da compaixão.

Como deuses/deusas criadores nós usamos esta ferramenta e transmutamos as energias de nossa criação da Escuridão. Sentimos e expressamos a raiva, a ira, o ódio, a revolta, etc., movendo-os acima através de nossos chacras inferiores, através de nosso coração e para o alto de nosso coração, onde eles são transmutados. Uma vez lá, nós os mantemos em nosso coração enquanto procuramos o seu valor, neste caso dos ataques do World Trade Center/Pentágono, o valor afirmado acima. Então, uma vez que encontramos o valor de cada um, movendo-nos em gratidão pelos ensinamentos que eles forneceram. Ao mesmo tempo os liberamos com consideração junto com aqueles que desempenharam os papéis para impulsionar em nós estes sentimentos. Neste ponto, sentimos compaixão, ficamos compadecidos. Nós estamos também fazendo agora o que realmente viemos fazer na Terra!

3 – Criando a grade

Usar a compaixão de 5ª dimensão significa que nós como deuses/deusas criadores compreendemos que devemos agora criar uma realidade alternativa para a anterior. Devemos criar uma realidade que não somente contrabalance a realidade da Escuridão, mas também nos leve ao próximo nível em nossa aprendizagem. Assim, investimos tempo ao transmutarmos todas as energias escuras de nossa criação atual, arrancando cada gota da escuridão para usarmos como combustível que transmutaremos para energizar a nossa nova realidade, e a nossa próxima etapa. Em relação ao Ataques do World trade Center/Pentágono, estamos neste ponto agora.

Concluindo, nós temos como deuses/deusas criadores, uma escolha a fazer ao usarmos a ferramenta da compaixão. Nós podemos ou usar a versão da compaixão da 3ª dimensão e permanecermos no aquário, neutralizando o nosso poder para criarmos algo melhor, ou a versão da 5ª dimensão e mover o nosso mundo para um estado mais elevado de consciência. Qual versão vocês escolherão?

Em serviço
Jelaila Starr,

Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br

PS: Se quiser um slide com os passos da fórmula da compaixão, basta deixar uma mensagem aqui ou escrever para srsmedicinaintegrativa@gmail.com, que envio para você.

« Older entries